Tempo de leitura: 1 minuto

Pâmela Azevedo começou a atuar na área educacional aos 16 anos, como voluntária na rede pública em São Pedro da Aldeia, onde conheceu a realidade de alunos com necessidades especiais e os desafios a serem superados pela educação. Formou-se pedagoga, professora encantada pela filosofia e sociologia, tornou-se mãe azul, e com isso autora do livro O menino que era amigo do vento, um livro que reúne duas paixões; o filho que é especial e a literatura, para tratar de aceitação e empatia, componentes básicos do que é verdadeiramente o ato de incluir. Com experiência nas diferentes áreas da educação, desde de a mediação de alunos com necessidades educacionais especiais a orientação educacional, e formação em psicologia da aprendizagem, transtornos da aprendizagem e linguagem brasileira de sinais; atualmente é psicopedagoga clínica no Espaço #incluirtransforma. Especializada em transtorno do espectro autista, comunicação alternativa, tdah e educação especial, é também palestrante, e compartilha dicas, orientações e vivências para pais e professores no site incluirtransforma.com , acreditando na força transformadora da educação, que deve por natureza ser inclusiva.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os Termos de uso, denuncie. Leia a Política de comentários para saber o que é impróprio ou ilegal.